Paraná, | Visitantes: 4575058 | Visitantes On-line: 5 | Home | Contato
NOTÍCIAS | ESPAÇO CULTURAL | TV SINJUTRA | CARREIRA | CONVÊNIOS | PERMUTAS | LUTAFENAJUFE | CONTAS | FÓRUM | FOTOS | CARTILHA DA GREVE
   
 
 

"Sinjutra Pratica Responsabilidade Social e Sustentabilidade"
 

   

» 13 de agosto: Dia Nacional de Mobilização


Sinjutra convoca os servidores da Justiça do Trabalho do Paraná para participar de ato na Praça Santos Andrade

Ocorre na próxima terça-feira, 13 de agosto, o Dia Nacional de Mobilização em defesa da educação, do emprego e da aposentadoria (contra a Reforma da Previdência). Será o momento de retomada, em todo o país, das manifestações contra a retirada de direitos.


Em Curitiba, a concentração está prevista para as 17h na Praça Santos Andrade, onde deve ocorrer uma atividade cultural. Às 19h, a mobilização deve seguir em direção à Boca Maldita. No Paraná, de acordo com a presidente da UPE (União Paranaense dos Estudantes) Izabela Marinho, ao menos treze cidades já confirmaram atos para a data.

A expectativa para 13 agosto é que os protestos voltem a lotar as praças, ruas e locais de mobilização país afora. Puxada pela educação pública que tem motivado e conseguido atingir grande número de manifestantes, como ocorreu nos protestos de 15 e 30 de maio e 14 de junho, a mobilização nacional tenta frear o avanço da PEC 6/2019 no Senado. O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado em segundo turno de votação na Câmara dos Deputados na madrugada da quarta-feira (7). Em tempo recorde e sob denúncias de compra de votos, a proposta foi aprovada e segue agora para o Senado.

A Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário federal e MPU) participou das reuniões do Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos) que definiu o dia 13 de agosto como o Dia Nacional de Mobilização. O Sinjutra convoca os servidores da Justiça do Trabalho do Paraná para o ato. No estado, o comitê unificado Paraná “Em defesa da Aposentadoria”, do qual o Sinjutra faz parte, também aprovou a realização de ato unificado.

Com relação à educação, incorpora-se à pauta do setor a oposição ao projeto “Future-se”, anunciado pelo governo em julho e recebido pelas entidades representativas de professores e de estudantes como uma grande ameaça às universidades públicas. Vendido pelo governo federal como peça de modernização, o projeto abre para o capital privado, entre outros aspectos, a gestão e a administração das universidades. No que se refere às universidades estaduais, há proposta de cunho similar, do governo de Ratinho Jr, chamada de Lei Geral das Universidades (LGU). No Paraná, os protestos também rechaçarão a proposta.



09/08/2019
  
 
   
 
 
Análise PEC 6/2019 – Reforma da Previdência.
 
 
Buscar
 
 
E-Mail:
Senha:
Lembrar Senha
 
 
 
 
E-mail:
Envie sua carta...
 
TV Sinjutra
Responsabilidade Social